Em mais uma demonstração de boa vontade e confiança, rodoviários decidem adiar paralisação para aguardar nova audiência.

Como foi amplamente divulgado, estava marcada para esta segunda-feira (12) uma paralisação no transporte público por conta da insensibilidade e morosidade do poder público e das empresas no que envolve as condições de vida dos rodoviários, que já vivem o segundo ano sem reajuste salarial.
Todavia, foi anunciado que na próxima terça-feira (13) haverá uma nova audiência entre o sindicato, o poder público e judiciário e as empresas. Assim, em mais uma demonstração de boa vontade e confiança, os rodoviários decidiram adiar sua paralisação.
É importante destacar a honestidade, paciência e espírito público com que a categoria vem atuando mesmo sob a precária situação em que se encontra. São pais e mães de família que entendem a relevância do seu trabalho para toda a sociedade – particularmente nesse momento pandêmico – e, por isso, mesmo sofrendo com recorrentes atrasos salariais, retirada de direitos e o peso de dois anos de defasagem salarial num período de drástico aumento dos preços, se esforçam ao máximo para não parar seu trabalho tão essencial.
Contudo, paciência tem limite. A categoria e o sindicato esperam que as empresas e o poder público apresentem outro espírito nas negociações de amanhã. Toda nossa população tem visto a justeza com a qual os rodoviários e o sindicato vêm travando suas lutas, sempre buscando resolver tudo da melhor maneira e da forma menos prejudicial aos que dependem do transporte público. Portanto, já passou da hora dos responsáveis por tal situação assumirem o mesmo espírito e consciência que os rodoviários há tanto tempo têm estampado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 + 18 =