Nota de esclarecimento para a imprensa e à população.

Dando sequência à luta dos trabalhadores da TCCC e CV, a diretoria reuniu-se na manhã da última quarta-feira (12) com o prefeito Ulisses Maia, o vereador Mario Verri e o representante da SEMOB, José Alfredo Ribeiro, para apresentar ao poder público a demanda de reajuste dos trabalhadores.
Apresentando a proposta de 10% de reajuste geral para a categoria, a diretoria salientou a importância da reivindicação e se dispôs a negociar um valor intermediário que ainda atenda às necessidades dos trabalhadores.
Por sua vez, o prefeito Ulisses Maia comprometeu-se em chamar a empresa à mesa de negociação e avaliar o que pode ser feito. Assim, conforme firmado com as empresas, espera-se que uma proposta seja apresentada até a próxima quarta-feira (19), para que a diretoria possa levà-la à apreciação da categoria.
Frente ao indicativo de greve aprovado na última assembleia, é fundamental que prefeitura e empresa mostrem boa vontade nas negociações para conceder o necessário reajuste dos trabalhadores.

Conforme noticiado, reiteramos que os trabalhadores da TCCC e CV encontram-se em ESTADO DE GREVE e, caso as empresas não apresentem uma proposta que contemple as reivindicações dos trabalhadores e o movimento paredista ocorra, o sindicato seguirá os trâmites legais e comunicará à população e aos meios de comunicação, com 72h de antecedência, quando e como será o movimento.

Rodoviários na luta!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 + dezoito =