Sinttromar aprova espaço para motoristas no Terminal Intermodal

Dirigentes do Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) estiveram no Terminal Intermodal de Maringá, na manhã desta segunda (23), a convite do prefeito Ulisses Maia (PDT), para conhecer as instalações preparadas para os motoristas do transporte público municipal e intermunicipal. A visita havia sido agendada na última reunião com o prefeito, na quinta-feira passada.

 

O objetivo dos dirigentes sindicais era conhecer in loco o local pensado para os trabalhadores. Nominado como “Ed. Operacional 2”, o espaço conta contará com área exclusiva de descanso para os motoristas, com banheiros masculino e feminino amplos. O espaço para descanso era uma reivindicação antiga da categoria.

 

As instalações agradaram os dirigentes do Sinttromar. “Isso aqui não existia. Sempre brigamos por uma base para os servidores no terminal. Antes [terminal antigo] os motoristas tinham de usar o banheiro público. Não tinha vestiário exclusivo”, comenta Ronaldo José da Silva, presidente do Sinttromar.

 

“Se vocês tiverem alguma sugestão de melhoria, a hora é agora”, disse o prefeito. O presidente Ronaldo e o vereador Mário Verri (PT), que acompanhou a visita, pediram que os móveis a serem instalados sejam novos. Sindicalistas perguntaram sobre a previsão de inauguração. Sem garantir uma data, o prefeito disse que é possível que ocorra “lá pelo dia 25 de janeiro”.

 

Feita a visita da área dos motoristas, os dirigentes do Sinttromar foram convidados a conhecer as demais instalações, que incluem seis plataformas de ônibus com cerca de 200 metros de comprimento. A plataforma 6, do lado de fora do cercado, servirá as linhas metropolitanas. O segundo piso, acessado por elevadores e três conjuntos de escadas rolantes, contará com praça de alimentação, lojas, espaço cultural e área administrativa.

 

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, apesar da ampla estrutura, não haverá espaços ociosos no novo terminal. Além do prefeito, secretário e assessores, a visita foi acompanhada por engenheiros da prefeitura e da empresa responsável pela obra.

 

Reunião

 

No encontro de quinta-feira (19), no gabinete do prefeito, foram discutidas outras demandas além da área de descanso dos motoristas no Terminal Intermodal. Estiveram na pauta melhorias nas condições de trabalho e as constantes queixas de superlotação nos micro-ônibus da Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC).

 

Ficou acordado que o Sinttromar ajudará a apontar em quais linhas há o uso indevido dos micro-ônibus. Ulisses disse que essas informações ajudarão a Prefeitura a adotar medidas para solucionar o problema. Dirigentes sindicais sugeriram que fiscais do município atuem nos horários de pico, em especial no início da manhã. Algumas linhas foram mencionadas, como dica para os fiscais.

 

Uma próxima reunião ficou agendada para 3 de fevereiro, quando serão iniciadas as conversas sobre a data-base dos trabalhadores da TCCC – companhia que detém a concessão para operar o transporte público em Maringá.

Dirigentes do sindicato na visita ao terminal, em dezembro – Foto: Luiz Fernando Cardoso/Sinttromar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =