Sinttromar cobra providências das empresas quanto à falta de segurança na conferência do caixa

Dirigentes do Sinttromar estiveram na TCCC e na Cidade Verde para cobrar providências em relação à falta de segurança dos motoristas na conferência do caixa dos ônibus, na Praça Raposo Tavares. As empresas foram comunicadas, por meio de ofícios, na tarde desta sexta-feira (24).

 

“A direção do sindicato têm recebido inúmeras denúncias de que os trabalhadores motoristas têm tido de prestar conta dos caixas, referentes às cobranças de passagens (…), juntamente com usuários do transporte coletivo, do lado externo do escritório administrativo, expondo valores significativos em dinheiro próximo a terceiros, colocando os motoristas em risco de assalto”, diz trecho do ofício.

 

Sindicalistas estiveram in loco para averiguar as denúncias, constatando que o problema tem de fato ocorrido. A conferência do caixa, antes feita em local reservado, fora dos olhares do público, passou a ser feita no setor de recarga, expondo os motoristas ao risco de assalto. A praça, como é sabido por quem transita pelo centro, costuma reunir usuários de drogas.

 

“Como medida preventiva, a diretoria deste sindicato solicita que os trabalhadores tenham local apropriado para que possa ser realizada a prestação de conta dos caixas oriunda das cobranças de passagens com a segurança devida”, cobra o Sinttromar, por meio dos ofícios.

 

O sindicato espera um posicionamento das empresas no prazo máximo de cinco dias, aguardando que as devidas providências sejam adotadas por bom senso. Do contrário, as medidas cabíveis serão tomadas em defesa dos trabalhadores.

Caixa dos ônibus passou a ser feito no setor de recarga. Categoria critica a medida – Foto: Divulgação/Sinttromar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 20 =