Assembleia na São Miguel trata do PLR e outras demandas

O Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) realizou, ao meio-dia desta terça-feira (28), assembleia com os trabalhadores da transportadora Expresso São Miguel. Foram discutidas dúvidas sobre eventuais descontos, banco de horas e a luta pela Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR).

 

O Sinttromar foi representado na assembleia pelo presidente, Ronaldo José da Silva, e pelo dirigente Bandeirante.

 

A categoria cobra o pagamento do PLR, alegando que em outras empresas do grupo os trabalhadores já recebem o benefício. Os dirigentes informaram que as negociações por esse avanço, junto à empresa, continuam.

 

Os trabalhadores também externaram preocupação sobre um possível desconto referente aos recessos dos dias 24 e 31 de dezembro. O presidente acalmou os companheiros ao informar que não haverá qualquer desconto em dinheiro. O assunto não passava de boato, uma vez que a empresa já optou pela compensação

 

A última pauta foi sobre a possibilidade de implantação de um banco de horas, que venha a disciplinar a folga concedida aos trabalhadores em função das horas excedentes. Hoje, com a compensação de horas, muitas vezes o funcionário da transportadora São Miguel é comunicado de que terá folga naquele dia somente ao chegar à empresa – o que é um grande desrespeito.

 

Ronaldo deu esclarecimentos à categoria sobre a compensação de horas e disse que o Sinttromar tem cobrado explicações da empresa a respeito dos critérios utilizados nas compensações. O sindicato também lutará para que o Banco de Horas contemple o pagamento de hora extra quando a compensação não ocorrer dentro de determinado prazo.

O presidente Ronaldo na assembleia realizada em 18 de janeiro – Foto: Bandeirante/Sinttromar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 18 =